Diabetes Weekend

Como aplicar corretamente a insulina? Pratique o RODÍZIO !

0300-interna-aplicacao

Pacientes que usam insulina três ou mais vezes por dia devem adotar a prática de rodízio dos locais de aplicação. Usar a mesma área por muito tempo pode provocar caroços ou depósitos de gordura extra, formando nódulos. Essas lesões não são apenas feridas, mas também podem alterar a forma como a insulina é absorvida, tornando mais difícil manter o controle glicêmico.

Para evitar essas lesões na pele, é importante praticar o RODÍZIO dos locais de aplicação. Isso porque, com o tempo, médico e paciente vão aprender quais os locais que proporcionam melhor controle glicêmico em diferentes momentos do dia.

A velocidade com que a insulina é absorvida pelo organismo segue a seguinte ordem:

• É mais rápida no abdômen.
• Um pouco mais lenta nos braços.
• Mais lenta ainda nas pernas.
• Mais lenta nas nádegas.

Como fazer o rodízio:

•Alternar a coxa ou o braço esquerdo e direito

•Dividir cada região em pequenas partes com distância mínima de 1 cm (um ou dois dedos), formando vários pontos distintos em cada região de aplicação.

•Aplicar em um ponto diferente a cada aplicação prevenindo a lipohipertrofia.

•Não injetar insulina perto do umbigo. Como o tecido não é resistente, a absorção da insulina não será tão consistente.

•Não aplicar insulina perto de pintas ou cicatrizes.

•Usar somente a área exterior do braço, onde há mais gordura.

Para facilitar a prega subcutânea no braço, apoiá-lo no encosto de uma cadeira ou utilizar agulhas curtas, pois não necessitam de prega subcutânea e facilitam a aplicação. Prega subcutânea é uma pinça realizada com os dedos polegar e indicador. Serve para evidenciar o subcutâneo, e assim evitar a aplicação de insulina no músculo.

90-45Como segurar

Quais os riscos quando a insulina não é aplicada no subcutâneo?

A aplicação fora do tecido subcutâneo altera a velocidade com que a insulina é absorvida e desta forma altera o controle glicêmico.

•Não aplicar insulina na parte interna das coxas. Ao caminhar, este local se tornará mais dolorido.

•Não injetar insulina em uma área que será exercitada na sequência. Os exercícios aumentam o fluxo sanguíneo e isso faz com que a insulina de ação lenta seja absorvida mais rapidamente do que o normal.

•Escolher o comprimento da agulha corretamente pode reduzir a dor da injeção.

•Mudar o local de aplicação a cada uma ou duas semanas.Quando injetar a insulina na mesma área do corpo, sempre alternar o local da injeção.

Em seguida, escolher outra área do corpo e repetir o processo. As dicas listadas vão ajudar o paciente a fazer o rodízio corretamente.

DICA IMPORTANTE:

Quem pode utilizar as agulhas curta?

famil_a

Referência: Mundo do Diabetes – www.mundododiabetes.com.br


compartilhar no facebook

Novidades

Entrevistas

Dicas

Mais Informações

Luciana Napoleão
luciana.napoleao@hotmail.com

Cássia Nascimento
cassianascimento.nutri@hotmail.com

Facebook
Facebook
diabetes.weekend

Patrocinadores

ARAÚJO INADE CEM-HUSJ Roberto Freitas Designer
Topo