Diabetes Weekend

Como a ALIMENTAÇÃO influência você! Dr Levimar Rocha Araújo

nutricao

Como a ALIMENTAÇÃO influência você!

“Uma boa alimentação, além de nutrir adequadamente nosso organismo, é capaz de nos tornar mais dispostos no dia a dia, reduz o cansaço, melhora o sono. A disposição para atividade física aumenta e a adequação da composição corporal se torna mais fácil. Além de contribuir para as secreções hormonais no ritmo correto.”

A avaliação acima é do médico endocrinologista, metabologista, vice- presidente Sociedade Brasileira de Diabetes e professor da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Levimar Rocha Araújo.Buscar uma alimentação equilibrada é o primeiro passo na hora de se fazer uma boa escolha. Ele orienta o consumo de alimentos de todos os grupos, distribuindo-os de acordo com as necessidades ao longo do dia.

“O ideal é consumir carboidratos ricos em fibras, ou combinados com elas, proteínas de alto valor biológico (carnes, ovos, frango, peixes, queijos), frutas, verduras em geral, cereais e sementes. Até a presença de pequena quantidade de gordura é necessária. Porém, é importante lembrar que precisamos introduzir fibras (cereais, frutas, vegetais, leguminosas e frutas secas) em nossa dieta diária”, explica.

Na atividade física, o médico conta que o alimento é o combustível para o corpo e que a pessoa não deve se exercitar sem antes adequar este combustível para o objetivo, modalidade de exercício, intensidade e frequência. Para exercícios de alta intensidade, por exemplo, o consumo de carboidratos é a principal fonte de energia. Já quem almeja o emagrecimento, Levimar ressalta que o carboidrato não deve ser retirado, pois poupa a massa muscular no processo de emagrecimento e intervém na queima de gordura.

SONO

De acordo com Levimar, uma alimentação pesada, rica em gordura, açúcar, álcool e farinha branca, pode, por exemplo, influenciar na hora de dormir. “Algumas pessoas que se alimentam mal costumam sentir muito sono, mas nunca estão descansadas pois o sono não a recompõe. Além disso, alguns alimentos ajudam na produção de serotonina, importante substância relacionada ao bem-estar, humor (aveia, linhaça, banana). Logo, inclua esses itens antes de dormir e melhore a alimentação ao longo do dia”, aconselha.

ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS

O consumo de alimentos industrializados influencia negativamente o corpo. Na visão do médico, estes alimentos, na maioria, contêm muitos conservantes artificiais, sódio em excesso, corantes e ácidos. Levimar não recomenda a ingestão diária destes tipos de alimentos e sinaliza que com o passar do tempo esses produtos tornam-se menos dispostos no organismo, favorecendo o ganho de peso, retenção líquida, entre outros.

DOENÇAS

Para prevenir o aparecimento de doenças, o médico ressalta que se deve fazer uma alimentação que combine qualidade, quantidade e harmonia entre os nutrientes. “Sendo assim, uma pessoa com alimentação equilibrada receberá todos os nutrientes de que necessita no dia a dia, principalmente as vitaminas e minerais, os quais suas fontes, também oferecem os famosos antioxidantes que combatem os radicais livres, responsáveis por muitas #doenças”, disse.

COMER EM RESTAURANTES

Fazer uma refeição em um restaurante muitas vezes torna-se complicado para quem busca se alimentar de maneira correta. Levimar explica que conhecer o que se #consome é fundamental, pois assim uma pessoa consegue se alimentar de maneira #saudável em qualquer lugar. “Normalmente as pessoas aproveitam que estão fora de casa para comer alimentos gordurosos, ricos em açúcar e sódio e essa se torna a desculpa”.

Levimar sugere ainda que levar marmita e lanches intermediários de casa pode ser uma boa opção, mesmo que isso gere alguns obstáculos. O médico frisa que comer bem é necessário, “A alimentação deve ser encarada como um investimento, é o que nutre nosso organismo e reflete no nosso bem-estar”, conclui.

DR LEVIMAR ROCHA ARAÚJO

• Coordenador Geral do Programa Diabetes Weekend
• Endocrinologista e Diretor Clínico da Metabólica – Instituto de Medicina Aplicada – Metabólica (www.metabolica.med.br)
• Graduado pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – FCMMG
• Vice Presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – SBD (www.diabetes.org.br)
• Professor Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – FCMMG
• Chefe do Ambulatório de Endocrinologia do Hospital Universitário São José – HUSJ (www.husj.org.br)

FONTE:
Entrevista feita por Patrícia Almada (Reporte Dom Total)
(www.domtotal.com)


compartilhar no facebook

Mais Informações

Luciana Napoleão
luciana.napoleao@hotmail.com

Cássia Nascimento
cassianascimento.nutri@hotmail.com

Facebook
Facebook
diabetes.weekend
Topo